MUSICALIZANDO PESSOAS COM AMOR E CARINHO - MPAC

Nome do Responsável

IVERSON RODRIGO MONTEIRO CERQUEIRA BUENO

Cargo

PROMOTOR DE JUSTIÇA

Setor

1ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA CRIMINAL DE CRUZEIRO DO SUL/PROMOTOR COORDENADOR

Público Alvo

CRIANÇAS E ADOLESCENTES ENTRE 07 E 17 ANOS CARENTES

Órgãos Envolvidos

MPAC, 61º BATALHÃO DE INFANTARIA DE SELVA DO EXÉRCITO BRASILEIRO, SOCIEDADE EUCINE WEAVER (EDUCANDÁRIO), PODER JUDICIÁRIO, PREFEITURA MUNICIPAL DE MARECHAL THAUMATURGO, PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL, APAE, DETRAN, GOVERNO DO ESTADO, EMPRESÁRIOS LOCAIS.

Abrangência

CRUZEIRO DO SUL E VALE DO JURUÁ

Objetivo, Indicadores e Metas

Objetivo Estratégico

Atuar na defesa e proteção integral da criança e do adolescente

Objetivo do Projeto

Este projeto visa introduzir crianças e adolescentes carentes no mundo da música de forma descontraída e agradável, executando um programa de educação musical que promova a formação, a construção da cidadania, o resgate de valores culturais, a descoberta de talentos e a profissionalização. Ademais, objetiva integrar a música ao processo interdisciplinar, com o escopo de possibilitar a redução das diferenças, contribuindo com a inclusão social de crianças e adolescentes da comunidade de Cruzeiro do Sul- Acre. Oportuno é mencionar que, por intermédio do contato com a música, aprendem a conviver melhor com outras pessoas, estabelecendo um diálogo mais harmonioso, favorecendo as relações interpessoais no convívio social, além do mais, promove o desenvolvimento do senso de colaboração e respeito mútuo. • Introduzir a música, primeiramente através da teoria musical e depois pelos respectivos instrumentos. • Processo educacional para os jovens aprimorar a cultura e arte musical e seu respectivo poder transformador interno; • Orientar sobre a adequação e utilização de instrumentos musicais; • Propiciar a construção de conhecimentos; • Estimular o desenvolvimento da concentração e atenção; • Proporcionar aos alunos conhecimento pessoal, disciplina, dedicação, sensibilidade, trabalho em equipe, respeito, companheirismo. • Criar oportunidades de cultura e lazer para os estudantes, diminuindo seu tempo ocioso. • Autoestima e autoconfiança desencadeadas pelo sentimento de ler uma partitura e tocar um instrumento musical • Amor ao próximo e saber respeitar e trabalhar em equipe, bem como estimular a concentração e memória do aluno. • Afastar as crianças e adolescentes do mundo das drogas nessa região de fronteira com o Peru de alto índice de criminalidade - NARCOTRÁFICO vindo do Peru e remessa de armas de fogo para organização criminosas no ACRE e demais estados do Brasil. • Estimular à permanência de crianças e adolescentes na escola para continuidade no projeto musical, sendo que a cultura musical irá melhorar o desempenho escolar. • Diminuição da violência doméstica na residência das crianças e adolescentes com palestras pelo coordenador, o Promotor de Justiça Iverson Bueno, buscando a mediação de conflitos e harmonia familiar e os pais acompanhando a educação dos filhos. • Estimular a igualdade de gênero e raças, com fortalecimento do coral de meninas na busca de respeito e inclusão social, bem como indígenas que já fazem parte do projeto. • A educação musical possibilitará a qualificação profissional futura das crianças e adolescentes abrindo-se uma porta de emprego na própria Banda do Exército Brasileiro. • Estimular nas crianças e adolescentes a necessidade de respeitar os mais velhos, os professores, os pais, na busca de melhor relacionamento interpessoal para sucesso profissional. • Formação no Estado do Acre de orquestra sinfônica.

Indicadores

Redução de crianças e adolescentes nas ruas, com isso, além de trazer cidadania através da cultura musical, o projeto culminará no afastamento dessas mesmas crianças e adolescentes do mundo do crime

Metas

- Montar uma orquestra sinfônica do vale do juruá; - Levar o coral para cantar na capital Rio Branco e posteriormente pelo resto do Brasil para levar mensagem de paz e amor; - Troca de cultura com povos indígenas tendo em vista que há no projeto alunos indígenas tocando violino, e os alunos da cidade irão aprender os sons e a tocar os instrumentos do povo indígena.

Duração

Data Inicial

01/02/2017

Previsão do Término

01/02/2037

Informações do Projeto

Tema

Criança e Adolescente: Prioridade Absoluta

Categoria

Criança e Adolescente

Ementa

Este projeto visa introduzir crianças e adolescentes carentes no mundo da música de forma descontraída e agradável, executando um programa de educação musical que promova a formação, a construção da cidadania, o resgate de valores culturais, a descoberta de talentos e a profissionalização. Ademais, objetiva integrar a música ao processo interdisciplinar, com o escopo de possibilitar a redução das diferenças, contribuindo com a inclusão social de crianças e adolescentes da comunidade de Cruzeiro do Sul- Acre. Oportuno é mencionar que, por intermédio do contato com a música, aprendem a conviver melhor com outras pessoas, estabelecendo um diálogo mais harmonioso, favorecendo as relações interpessoais no convívio social, além do mais, promove o desenvolvimento do senso de colaboração e respeito mútuo. Por conseguinte, a utilização da música torna-se relevante, haja vista trabalhar conteúdos e conceitos de forma lúdica, aguçando o uso da imaginação pela fantasia, momentos esses preciosos na vida dos infantes, tornando a aprendizagem prazerosa. Destarte o projeto busca um processo educacional com escopo de garantir, valorar, aprimorar e inserir na vida cultural das crianças e jovens em risco social, a arte musical, conforme sabido o estudo da música estimula áreas do cérebro não desenvolvidas por outras linguagens, como a escrita e a oral. Por fim, realizar esse tipo de trabalho ajuda a melhorar a sensibilidade, a capacidade de concentração e a memória, trazendo benefícios ao processo de aprendizado, assim como ao raciocínio matemático. Além de ser trabalhado os princípios da hierarquia, disciplina, trabalho em grupo etc.

Justificativa

A cidade de Cruzeiro do Sul no Estado do Acre, localizada dentro do Parque Nacional da Serra do Divisor, em sua localização geográfica, faz fronteiras com o Peru (maior produtor de maconha atualmente), Estado do Amazonas, isolada no meio da floresta amazônica, habitada por várias tribos indígenas, distante 643 km da capital Rio Branco, faz dela um município rico de biodiversidade mas carente de vários serviços, especialmente econômico (antigamente da extração da borracha - seringueiras - e que hoje basicamente vive do plantio da melhor macaxeira do Brasil e exportação de sua farinha), cultural (dificuldade de acesso pela ausência de uma estrada asfaltada, sendo que 80% da população nunca saiu da região para conhecer outros lugares, também pelo poder aquisitivo baixo). Ademais, Cruzeiro do Sul é rota do NARCOTRÁFICO e agora tomada pelas organizações criminosas do PCC, Bonde dos 13, Comando Vermelho e FDN, sendo constante os assassinatos pela disputa de territórios e pela facilidade da entrada de drogas no Brasil justamente pela complexidade da floresta amazônica e ausência do Poder Público como Polícia Rodoviária Federal. A entrada contínua de drogas pelas fronteiras do Peru acabou desaguando no aumento significativo de usuários de drogas na cidade, em especial os adolescentes, que também acabam entrando para o mundo da criminalidade. Cruzeiro do Sul, segunda maior cidade do Estado do ACRE, fica na região conhecida por Vale do Juruá, no extremo oeste do Brasil, e atualmente conta com mais de 100 mil habitantes englobando cidades vizinhas que possuem acesso apenas por barco ou avião de pequeno porte. Outra curiosidade é o relevo da cidade com várias ladeiras (morros) pelo fato de estar localizado na Cordilheira dos Andes, o que contribui para terremotos especialmente no Peru sentidos no Acre, o que justificou a construção de uma ponte cruzando o rio juruá com sustentação contra esses tremores. O Educandário faz acolhimento dessas crianças e adolescentes desamparados para dar educação, disciplina e amor, e o conservatório musical do vale do juruá, que agora está sendo desenvolvido em parceria com o Poder Judiciário, Ministério Público e Exército Brasileiro, está retirando essas crianças das ruas e possibilitando a educação cultural musical e profissionalização para futuro ingresso na banda do exército ou futuros professores de música, sem deixar de mencionar que o referido Projeto denominado Musicalizando pessoas com amor e carinho traz paz interior, irá também alfabetizar idosos através da música e com isso trazer dignidade e cidadania.

Descrição do Trabalho

Descrição

METODOLOGIA • Adequação do espaço físico para salas de música, divididas para cada tipo de instrumento e teoria musical; • Uso de material didático compatível com o instrumento e idade dos alunos; • Divulgação do projeto através da mídia e apresentações em espaços públicos; • Realização de aulas pelos professores/instrutores de forma gratuita; • Contato com os pais ou responsável da criança ou adolescente sobre a importância do projeto; • Audição dos alunos para família e comunidade.

Fatores Internos

Pontos Fortes

Estrutura confortável com várias salas de aula, com ar condicionado, cozinha, área administrativa União entre os alunos e professores Lealdade ao projeto social Empenho das crianças e adolescentes carentes para participarem de todas as aulas teóricas e práticas instrumentais e de canto. Dois professores que também exercem função de monitores e gestores foram contratados pelo Ministério Público para fortalecer o projeto.

Pontos Fracos

Número reduzido de professores e músicos Número reduzidíssimo de instrumentos musicais Não possui veículo próprio para deslocar as crianças e adolescentes para as apresentações. Não há recurso para doar um lanche O custo da energia elétrica até hoje é custeada pelo responsável deste Projeto, o promotor de justiça Iverson Bueno, o custo mais elevado dentro do projeto e mais essencial pelo clima da região e quantidade de alunos no projeto.

Fatores Externos

Oportunidades

Emenda parlamentar de R$ 150.000,00 anunciada pela Deputada Jessica Sales para o ano de 2018. Participação de editais do banco do brasil Projeto cadastrado junto a Unesco (Projeto Criança Esperança)

Ameaças

Falta de professores suficientes sendo que todos são cedidos de órgãos públicos falta de pagamento da iluminação

Estimaticas de Recursos

Recursos Próprios
R$ 0.00
Convêncios e/ou Operações de Crédito
R$ 1.00
Outras Fontes
R$ 1.00

Formas de Comunicação do Projeto

Formas

Site MPAC, site Governo, sites e TV de Cruzeiro do Sul, facebook, através de apresentações a convidados especiais, participação de editais para concorrer a financiamentos.

Resultados Alcançados

Resultados

Crianças e adolescentes, incluindo indígenas, já tocam violino em menos de 06 meses. Projeto atualmente sendo executado com 320 crianças e adolescentes, que além de adquirir cultura estão fora do mundo do crime.

Status

Em execução

Premiação

Projeto Inscrito no Prêmio MPAC

Sim

Projeto foi premiado?

Outros

Detalhe Premiação

A PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL, através da Secretaria Municipal de Cultura, no dia 11 de novembro de 2017, no Teatro dos Náuas em Cruzeiro do Sul, premiou o Conservatório Musical do Vale do Juruá, onde é realizado o projeto Musicalizando Pessoas com Amor e Carinho, com a Comenda do Mérito Cultural Lins Sampaio.

Cronograma (Anexos)

Nenhum anexo encontrado